Problema de identidade (nas Fashion Weeks)

A New York Fashion Week chegou e com grande expectativa aguardamos o que a catwalk poderia oferecer. Não ofereceu grande coisa e o mais grave foram mesmo os desfiles… que horrorizaram. A começar com um dos mais novos e mais aguardados designers: Wang, e a acabar nos mais velhos: Kors. O menino prodígio do século apresentou uma colecção inspirada nas corridas de NASCAR, até aí tudo ok.O problema é que só mesmo astronautas numa missão de chegar a Saturno é que  poderiam usar estes conjuntos.O look foi complementado com um lenço de rede, dando às pobres coitadas das modelos um ar “vou para o campo, mas no espaço”.A tentativa de sair da sua paleta de cores controlada e dos seus looks clean saiu-lhe furado.

O problema em Michael Kors começou logo no nome da colecção: “Afriluxe”! Afriluxe?! Nem sequer é o nome que parece saído de uma música do Pitbull, é mesmo o sentido literal que lhe deu. Safari outra vez?Padrões animais outra vez?! Ninguém teve tempo para lhe dizer que está duas seasons atrasado?! A colecção antes de ter estreado já estava passada. O look em baixo é bem ilustrativo ( e de muito mau gosto).


Veio a London Fashion Week, a Burberry e a Acne adoçaram as maleitas da semana de NY.

Veio a Milan Fashion Week e…here we go again. A dupla Dominico e Stefano está baralhada e a única explicação possível deve ser o excesso de trabalho. Primeiro com a colecção da D&G, que sendo a última por sinal, esperava-se de arromba. Não foi.  Dizem eles que a colecção foi inspirada nos padrões icónicos da casa Versace e Hèrmes. Foi tão inspirada que o cunho da D&G perdeu-se totalmente nos padrões que tanto fizeram lembrar as grandes casas em que se inspiraram.Valeu-lhes a bastante interessante mistura de padrões.

A falta de identidade e por outro lado de inovação aconteceu também na colecção “mãe,” Dolce & Gabbana. Surgiu o primeiro look,o segundo e o terceiro, e aqueles padrões só faziam lembrar a coleção de S/2011 tanto de Stella Mccartney como de Prada. A única inovação que aqui se pode atribuir é que os padrões não são frutas, são hortaliças! Cebolas, pimentos ou malaguetas! Completamente diferente! A acrescentar ainda que Stefano e Dominico estão muito agarrados aos looks do pequeno bustier e hot pants e parece que é só isso que sabem fazer.

Para constrastar, Prada e Pucci estiveram no seu melhor!

Será que podemos arriscar em dizer: “We will always have Paris”?! Só nos resta aguardar mais uns dias.

Love.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: